Caminho das Origens

Oeiras

Em cada canto de Oeiras, é notável a expressão de fé, história e arte. Localizada a 297 km de Teresina, Oeiras é a cidade mais antiga do Piauí, com 298 anos de emancipação política e 303 anos de sua elevação à categoria de Vila.

O município pacato e religioso se desenvolveu ao redor da matriz de Nossa Senhora da Vitória, padroeira da cidade. Talvez esteja aí a explicação para o forte sentimento de religiosidade presente entre os oeirenses, que têm nas celebrações da Semana Santa e na Festa do Divino os seus principais destaques. Este sentimento renovou-se ainda mais, com o retorno da imagem primitiva da Nossa Senhora da Vitória, que esteve ausente por mais de 20 anos, e que atualmente se encontra no Museu de Arte Sacra da cidade.

Por causa de suas peculiaridades e tradições seculares, Oeiras é referência em todo o Estado.

Atrativos

Centro Histórico

Igreja Catedral de Nossa Senhora da Vitória

É o mais antigo templo católico do Piauí. A igreja foi tombada em 1940 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). E é o cenário das principais manifestações da religiosidade, presentes na cultura da cidade.

Casa de Câmara e Cadeia

O sobrado mais antigo do Piauí. Foi construído no governo de Carlos César Bulamarqui, quando de sua estada no governo da província no século XIX. Durante muitos anos foi residência do Coronel João Batista Ferraz. No período de 1956 a 1996 foi sede do Círculo Operário oeirense. Atualmente, funciona lá a Prefeitura Municipal de Oeiras.

 

.

Palácio Episcopal

Construído no século XIX por João Nepomuceno Castelo Branco. Foi residência dos governadores da província, grupo escolar e residência episcopal da década 1950 até 1976. Hoje é o Museu de Arte Sacra de Oeiras (MAS).

Passos da Paixão

São 5 pequenas capelas espalhadas pelo Centro Histórico da cidade. Estão na planta da cidade desde 1809 e compõem o cenário da Via Crucis do Bom Jesus.

Galeria do Divino

Localizada na Praça das Vitórias, a Galeria reúne obras de vários artistas piauienses e nacionais com releituras e impressões sobre a Festa do Divino de Oeiras.

Monumento a Nossa Senhora da Vitória - Morro do Leme

Localizado no bairro de Oeiras Nova, foi construído pelo povo e poder municipal em 1945. Marco dos 250 anos da Igreja Catedral, com 15 metros de altura e 165 degraus. Do alto do Morro do Leme é possível ter uma visão panorâmica da cidade.

Morro da Cruz

Fica em uma das saídas da cidade e possui uma visão perfeita do pôr-do-sol. Recentemente reformado, o ponto tem bar e lanchonete para os visitantes que podem subir de carro.

 

Picos

Representa o umbigo da Rota. Tem sua economia focada na apicultura, que fomenta a instalação de várias empresas e a geração de empregos para a população.

A cidade tem uma boa infraestrutura, que conta com vários hotéis, clubes, restaurantes, bares e boates para melhor atender os visitantes. Picos também possui uma diversidade de pontos turísticos, como o Morro da Mariana, o Museu Ozildo Albano, a Feira Livre de Picos. Ipês amarelos constroem o cenário das serras que envolvem a cidade nos meses de agosto e setembro.

Atrativos

Morro da Mariana

Bela vista panorâmica da cidade, além de diversos restaurantes e pizzarias e, sobretudo, a maior característica da cidade, que tem a maior concentração urbana vivendo em encostas ou sobre morros do Estado do Piauí.

Museu Ozildo Albano

 

Feira-Livre

Uma das maiores feiras livres do Piauí e do Nordeste com grande diversidade de produtos populares comercializados.

Catedral de Nossa Senhora dos Remédios

O projeto arquitetônico dessa igreja segue os padrões da Catedral de Petrolina. As duas são dos poucos exemplares de construções em estilo gótico do Nordeste. Os 40 metros de altura das torres, os vitrais e o azul formam uma construção impressionante que pode ser vista de qualquer canto da cidade.

Floriano

Conhecida como Princesa do Sul, a cidade de Floriano fica localizada a 240km de Teresina. É um excelente ponto de parada para quem deseja fazer o trecho entre a capital do Piauí e a Serra da Capivara, por ter hotéis e restaurantes de excelente qualidade. A cidade atrai inúmeros turistas, principalmente em eventos culturais, religiosos, exposições agropecuárias, festas juninas e eventos náuticos como a Regata de Canoas. Além disso, está bem próxima a cidades como Oeiras, Amarante e Jerumenha que possuem Patrimônios Históricos relevantes.

A cidade é economicamente desenvolvida e focada no segmento comercial. Assim como Picos, Floriano também possui uma rica cultura voltada ao folclore e ao carnaval. Destaque para o Grupo Escalet de Teatro com a encenação da Paixão de Cristo que acontece no segundo maior teatro a céu aberto do Brasil tendo boa parte do seu cenário composto pela natureza.

Atrativos

Rio Parnaíba / Beira Rio

Balneário Manga

Casarios árabes

Templos Religiosos

Cidade Cenográfica

Artesanato em argila branca, crochê, bordado e pintura

 

Amarante

Ao sair da capital piauiense e seguir pela BR 343 em direção ao sul do estado (160 quilômetros), você encontrará a cidade de Amarante, localizada na região centro-sul do Piauí. A belíssima cidade é banhada por três rios, o Parnaíba e dois afluentes, os rios Canindé e Mulato

Repleta de conjuntos arquitetônicos de influência portuguesa, com azulejos de traçados graciosos que revestem as fachadas dos casarões dos tempos de sua formação. A presença da cultura negra africana também é bastante presente no município representada principalmente pelo Quilombo Mimbó.

Na cidade, você pode realizar passeios de barco pelo Rio Parnaíba até o encontro com o Rio Canindé, onde poderá desfrutar e contemplar o Morro da Arara.

Atrativos

Centro Histórico

Setenta e dois casarões formam o centro histórico de Amarante. O centro também está conectado ao rio Parnaíba, que possui muitos balneários ao longo do seu leito e ainda é possível ver o encontro deste com o rio Canindé.

Museus

Amarante possui vários museus particulares com acervos variados. Entre eles, se destacam o Museu de Da Costa e Silva, em homenagem ao poeta; Museu Coisas da Terra, com objetos seculares das famílias da cidade e o Museu do Divino, com diversas peças alusivas ao Espírito Santo e festa na época de Pentecostes.

Mirante e Escadaria

Próximo à atual sede da prefeitura estão o mirante e a escadaria Da Costa e Silva, de onde é possível ter uma visão panorâmica da cidade e do município vizinho de São Francisco do Maranhão. De lá, o poeta que dá nome ao espaço criava inspiração para suas obras, entre elas o Hino do Piauí.

Quilombo Mimbó

A comunidade do Mimbó foi a primeira a ser reconhecida como remanescente de quilombo no Piauí. Nasceu no século XIX, a partir de dois casais de escravos que fugiram de uma fazenda de cana em Pernambuco. Por muitos anos, o Mimbó era um povoado fechado. Hoje, o local é aberto à visitação e é possível inclusive agendar para ver as manifestações culturais dos descendentes dos pioneiros negros fugitivos e ter uma palestra sobre a história deste grupo. Também pode-se ter uma linda vista do Rio Canindé e das serras da região e conhecer a gruta aonde a família primogênita se abrigou na fuga do engenho.

Fábrica da Cachaça Lira e Lira Ecoparque

O patriarca Francisco José Lira iniciou a produção de cachaça em Amarante ainda na segunda metade do século XIX e conseguiu continuar produzindo cana mesmo em tempos de estiagem graças a métodos de preservação ambiental e uso racional dos recursos naturais. Hoje, sua fazenda encontra-se aberta a visitantes que queiram conhecer – tanto os mais antigos quanto os mais modernos – processos de produção da bebida orgânica. Ao lado da fazenda, há ainda o Lira Ecoparque com boa estrutura para recepção de turistas, restaurante e diversas atividades como tirolesa, arvorismo, escalada, stand up paddle, tiro ao alvo. Mais recentemente, o local também serve de pousada de charme e o café é servido junto aos tonéis de envelhecimento da cachaça.

 

Jerumenha

É um município localizado no Sul do Piauí. Na cidade, a igreja de Santo Antônio é um dos principais atrativos para o turismo, por ser a segunda mais antiga do Piauí, datando do século XVIII. A igreja mantém características arquitetônicas primitivas e impõe-se na paisagem de forma simples e leve. Ela apresenta características da arquitetura jesuítica, com planta baixa em formato retangular, nave única, altar-mor e duas sacristias com capelas, frontispício limpo e frontão reto, com abertura e vergas.

 

Guadalupe

O potencial empreendedor, turístico e de agricultura são destaques em Guadalupe. Os Platôs, por exemplo, representam uma área de 3.196 hectares de produção de frutas como banana, goiaba, cajá e figo. Na região, a fruticultura irrigada contribui para mais de 100 famílias sobreviverem.

Guadalupe também conta com o Balneário Belém Brasília que fica no lago da Barragem de Boa Esperança. Nele existem ilhas fluviais que permitem tardes tranquilas. Destaque também para a impressionante vista dos morros que ficam no horizonte da plataforma da Hidrelétrica.

E no nosso site você tem como organizar toda a sua viagem:

Mapa de Vôos

Hospedagem

Condições das Estradas

Guias e agentes de turismo

Novidades

® Todos os direito reservados a Nícolas Nunes Barbosa.